Presidente Lula, a liberdade de expressão/imprensa e o WikiLeaks

O que mais ouvimos nesses últimos 8 anos e até podemos voltar mais, é que o Presidente Lula é contra a imprensa e queria impor até censura à grande mídia. Não só os fatos se mostram contrários à tais teses, como temos demonstrações explícitas de que nosso ilustre (analfabeto torneiro mecânico) presidente da República é um grande defensor da liberdade de expressão até mesmo quando pode afetar a segurança nacional.

Todos estamos acompanhando o desenrolar das divulgações feitas pelo famoso site de vazamentos de informações, o WikiLeaks. Seu fundador, o Julian Assange, recorrentemente tem causado pânico em alguns governos e até empresas, por divulgar na internet conteúdo até então tido como sigiloso. Ele promove uma imprensa livre, não atrelada a interesses financeiros ou corporativos. Em função disso, promoveu-se uma grande perseguição à este homem, inclusive de alguns setores da imprensa, mas principalmente do governo estadunidense (EUA). Várias empresas e até bancos pararam de dar algum suporte ao site, inclusive congelando-o financeiramente.

E o que fez e o que pensa o Presidente Lula sobre o incidente Wikileaks? Assista o vídeo:

Veja o conteúdo original da posição do presidente no Blog oficial: Blog do Planalto

Sim, nosso presidente é o único chefe de estado a se posicionar a favor do WikiLeaks e seu fundador. Mesmo sabendo que as informações divulgadas são até segredos de estado, o presidente Lula não o condena por fazer o seu papel de imprensa. O Presidente Lula deixa clara sua posição a favor de uma imprensa livre e de uma internet também livre, onde a informação não pode ser constrangida, nem censurada.

O mais interessante é que nem mesmo a imprensa brasileira se posicionou a favor do site Wikileaks… estranho isso!

P.S.: O link em WikiLeaks é para o resultado de buscas do Google. Como o site sofreu ataques, nào há um endereço fixo mais.

One comment

  • Marco Damaceno

    Esse cara entrou pra história do Brasil como o melhor presidente que esse país já teve e tem gente fingindo não acreditar.

    Parabéns ao Lula!

Deixe uma resposta