A Mídia, a oposição e a falsificação da notícia

Sobre o apagão e como as diversas notícias nos chegam.
É triste ver a ação da oposição ao governo e a tentativa da mídia em constantemente querer culpar o Governo Lula e/ou a Dilma por qualquer coisa que acontece nesse país. Vimos isso hoje (11/11/09) com o apagão que ocorreu na noite passada: como conseguem distorcer fatos para insistir em críticas fantasiosas e falsas. Infelizmente não há credibilidade no jornalismo feito no Brasil.

Acompanhei o apagão por todo o tempo via Twitter (@hordones), quando várias pessoas de todas as partes relatavam o que estava acontecendo. Rapidamente espalhou-se que a causa poderia ser o tempo (climática), por fortes chuvas na região sul do estado de São Paulo e na região de Furnas, afetando linhas de transmissão. Isso foi confirmado mais tarde.

Mas o que publicam nossos órgãos noticiosos, sites e TV?

No entanto, o mesmo site, na página do Jornal Hoje, enquanto preparavam as matérias pedindo ajuda dos internautas, publicaram o seguinte:

“Há forte suspeita que causas naturais tenham provocado tudo isso. Informações meteorológicas dão um cenário do que aconteceu na noite de ontem.
Mas já é possível adiantar que houve um festival de raios! No Paraná, foram mais de sete mil, em São Paulo, mais de nove mil! O que pode ter causado um curto circuito.”

Então, o que há a Ministra Dilma (da Casa Civil) com o apagão acidental de ontem?
A questão é que se insiste nesse país em vivermos de factóides, mentiras e especulações de fatos não ocorridos. Contar uma mentira várias vezes para ver “se cola”. Exatamente como fizeram no caso do Presidente Lula e o suposto “terceiro mandato” – e há quem acredite em um possível golpe ainda.

Nos acostumamos a não precisar pensar e só queremos absorver o que publicam ou passa na TV, sem o mínimo de questionamento ou bom-senso. Nosso sistema elétrico tem suas falhas, isso todos sabemos e precisamos modernizar rapidamente para acompanhar o crescimento econômico que pretendemos, mas querer culpar o governo por fatalidades e acidentes meteorológicos é abusar da ignorância alheia.

Ilustrando com o que diz o jornalista Luis Nassif em seu blog: O apagão infantil do Estadão. Em seu comentário mostra claramente como a mídia tradicional vem falsificando a notícia, quando deveria, de fato, nos informar, insistindo na mentira.

O pior é que a oposição (política) que temos nesse Brasil ainda vai, no fim, acabar querendo abrir uma “CPI do Apagão” para investigar raios e trovões do céu, pra ver o quanto o governo Lula manda em São Pedro (Oposição entra com pedido para ouvir ministro de Minas e Energia). Se querem ouvir o Ministro para ajudar a melhorar e prevenir acidentes, acho totalmente válido, mas duvido muito das boas-intenções (que enchem os infernos) às vésperas de eleições majoritárias.

Deixe uma resposta