As portas do preconceito e da ignorância

Onde está a nossa capacidade de reconhecer que não há seres humanos melhores ou piores simplesmente olhando para o fenótipo (característica física)? Não há classes de humanos, nem raças ou outra forma de classificação. Mas o olhar insiste em dirimir preconceitos e nossas atitudes insistem em provar nossa ignorância. O Manifesto Porta na Cara do Circo Voador fez um pequeno flagrante dessa abordagem humana.

Assista o vídeo e leia abaixo:

Segundo informa o próprio blog do responsáveis pelo projeto, só foi usada a imagens desses dois jovens por terem sido as melhores de outras tentativas (também com outros). Também não estão se referindo à empresa em questão, mas mostrando um problema generalizado no modelo usado para manter a segurança do local.

Como já tratamos aqui várias vezes, repudiamos qualquer forma de preconceito ou discriminação a apoiamos a idéia do Manifesto em propor um outro modelo que não esteja sujeito à ingerência falha de uma pessoa.

Fonte: Manifesto Porta na Cara / Vídeo flagrante / Sobre o vídeo do Manifesto

Deixe uma resposta